O que é Quinoa? Benefícios do pão com sementes de Quinoa!

Atualizado: 14 de Ago de 2018

A quinoa é uma planta que teve sua origem na região dos Andes, com registros de ser utilizada desde 3000 a.C., pelos Incas. Eles se referiam a quinoa como o “grão de ouro”, pois a consideravam um alimento sagrado.

Sagrado ou não, devemos admitir que ele é bem importante dentro de uma dieta equilibrada e saudável, além de ser um bom substituto. Isso porque pode ser utilizado para substituir a soja na produção de óleo, o milho para biodiesel e o trigo para farinhas.

Além disso, pode ser uma variação para o tradicional arroz e feijão dos brasileiros, pois pode substituir o arroz na alimentação.

Outra qualidade do grão é o fato de não conter glúten, podendo ser utilizada para enriquecer a dieta de pessoas celíacas, ou seja, alérgicas ao glúten.

Contém, inclusive, quantidade significativa de antioxidantes de quercetina e Kaempferol. Esses nomes não tão familiares são também chamados de flavonoides.

Estes são micronutrientes bem importantes para a nossa saúde, responsáveis por benefícios associados à ação anti-inflamatória, antiviral e até mesmo relacionadas a prevenção do câncer e de depressão.

Alguns estudos mostram que a concentração desses flavonoides conseguem ser superiores aos encontrados em frutas vermelhas como a cranberry, famosa por suas ações antioxidantes.

Esse grão de ouro também apresenta bons resultados como cultivo de entressafras. Diferente de outras espécies nativas, a quinoa é mais resistente às pragas e doenças que outras plantações e plantas.

Quanto ao preparo, fique tranquilo, pois não é nenhum bicho de sete cabeças. Além de existir várias receitas que incluem esse grão, ele também rende. Só é necessário lavar muito bem a quinoa, pois ela contém saponina.

Você observará que, nesse processo, será produzida muita espuma. Por conter propriedades de detergentes, isso se torna algo característico dessa substância.

Benefícios do Pão

Pão com sementes de quinoa!

com Sementes de Quinoa

A quinoa tem muitas propriedades e não é atoa que foi considerada o grão de ouro pelos andinos. Ter esse alimento dentro de uma dieta saudável e equilibrada implica em receber boas quantidades dos seguintes nutrientes e seus respectivos benefícios:

  • Aminoácidos: possui 20 tipos de aminoácidos, incluindo 10 essenciais para o nosso organismo como o Histidina Isoleucina, Leucina, Metionina, Lisina, Fenilalanina, Treonina, Triptofano, Valina e Arginina;

  • Proteínas: apresenta grandes quantidades de proteínas, o que é positivo para quem pratica exercícios físicos para ganho de massa muscular;

  • Fibra: por conter boas quantidades de fibra, é bom para quem sofre com problemas intestinais, como intestino preguiçoso. Além disso, ajuda na absorção do colesterol e da glicose;

  • Vitaminas: contém vitamina A, que é benéfica para a saúde dos olhos, e também as vitaminas B1, B2 e B3, que auxiliam no bom funcionamento do sistema nervoso central, a B6, associada a processos inflamatórios, e E e C, vitaminas antioxidantes, que protegem as células de danos naturais, como o próprio envelhecimento;

  • Fitoestrógenos: amenizam os sintomas da TPM e da menopausa, pois são substâncias que simulam as ações de alguns hormônios;

  • Valor energético: cada 100 gramas apresenta valor energético de 335 calorias. Para quem está em uma dieta para perda de peso, deve-se consumir em quantidades reduzidas;

  • Cálcio: ajuda no fortalecimento dos ossos e previne doenças relacionadas ao seu desgaste, como osteoporose e também previne a hipertensão.

Sementes de Quinoa.

CHEF SB

56 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo